II Encontro Comunicação e Mudanças Climáticas



30 de November de 2017


No dia 30 de novembro, das 9:00 às 17:00, o grupo de pesquisadores que integra a Sub-rede Divulgação Científica da Rede Clima e o Tema Transversal “Comunicação de risco, divulgação do conhecimento e educação para a sustentabilidade” realizará o II Encontro Comunicação e Mudanças Climáticas na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

As mudanças climáticas trazem problemáticas cada vez mais complexas, que necessitam do envolvimento de grupos cada vez mais heterogêneos de cientistas, políticos e da sociedade civil. A multiplicidade de elementos entrelaçados e das variáveis meteorológicas envolvidas, juntamente com a diversidade de posições políticas e ideológicas que compõem o debate colaboram para a intensificação do cenário de incertezas que rondam o tema. Esse cenário se agravou com a saída dos Estados Unidos do acordo de Paris em 2017 e com a adoção do discurso negacionista por parte do governo de Donald Trump, ampliando ainda mais a incerteza quanto aos cenários futuros a respeito das mudanças climáticas.

Os problemas que decorrem das mudanças climáticas não se limitam a uma questão regional ou local, possuem um alcance muito maior, em escala global. Sendo assim, as ações que visam amenizar o impacto ambiental também possuem escalas enormes, nos colocando o desafio de pensarmos como podemos agir juntos, estarmos juntos diante da complexidade, heterogeneidade e incertezas tão grandes, diante da catástrofe. A questão de estarmos juntos é também um problema da comunicação-divulgação científica, especialmente quando ela é encarada como estratégia de engajar diferentes personagens nessa rede heterogênea.

O “II Encontro Comunicação e Mudanças Climáticas – governamentabilidade, público, vulnerabilidade e adaptação” propõe a construção coletiva de um espaço heterogêneo que pense a comunicação-divulgação científica como uma questão inacabada, em discussão, uma problemática atravessada pela incerteza e pelo futuro, que não se apresenta como solução para as demandas dos cientistas e políticos, mas como uma experiência-pesquisa que se produza junto com o trabalho dos cientistas.

É preciso tomar a própria comunicação como um espaço de potencialidades criadoras e inventivas, capaz de transformar não só o público-alvo, mas a relação dos atores com os demais (o público é um ator também) e com o próprio mundo. Faz-se necessário investir uma comunicação não só entre os humanos, mas com a própria matéria e as palavras.

A proposta do “II Encontro Comunicação e Mudanças Climáticas – governamentabilidade, público, vulnerabilidade e adaptação” é um convite a criação de um espaço de debate a respeito da governamentalidade, público, vulnerabilidade e adaptação, propondo a cada um dos diferentes pesquisadores trazerem contribuições de suas áreas para discutirmos e pensarmos esses conceitos a partir de diferentes relações e agenciamentos produzidos por cada um dos campos de pesquisas. Como que cada saber distinto pode contribuir para criarmos sentidos diversificados para os conceitos escolhidos? Não se trata de apresentar um trabalho inicial acabado, finalizado, mas trazer todos os esforços anteriores de pesquisa, para com eles, em diálogo, inventarmos um modo de estarmos juntos e produzir nesse encontro um texto comunal que funcione como um I Relatório de Comunicação e Mudanças Climáticas, produzido no âmbito da nossa sub-rede de pesquisa em relação com as outras sub-redes da Rede Clima, bem como outros convidados (pesquisadores, artistas, gestores, indígenas etc.).

 

Universidade Estadual de Campinas - Unicamp Rua Seis de Agosto, 50 - Reitoria V, 3º piso CEP:13.083-873 Campinas, SP, Brasil